7 dicas para você aprender de vez o inglês

7 dicas para você aprender de vez o inglês

1939
7 dicas para você aprender de vez o inglês
Falar inglês é um desafio para grande parte dos brasileiros e planejar-se é fundamental para quem almeja transformar metas em realidade

Todos sabem que aprender inglês é essencial para se destacar no mercado de trabalho e conquistar uma independência financeira ainda melhor. Porém poucos conseguem aproveitar corretamente o tempo de estudo e acabam o deixando de lado, antes mesmo que aprendizado apareça. Além disso, devido aos problemas financeiros e outras prioridades que a vida traz ao longo do caminho, a maioria das pessoas não encontra opções para investir e acaba desistindo antes mesmo de tentar.

Mas é preciso ressaltar que nunca é tarde para começar. Organizar o tempo de estudo “extra” fora do horário de aula e dedicar-se constantemente por meio de músicas, séries e outros, faz toda diferença no desenvolvimento. Para isso, o Centro Britânico, escola de idiomas, selecionou sete dicas para você refletir e colocar o aprendizado do inglês como um dos principais objetivos para o próximo ano. “Há uma série de medidas que podem otimizar o processo de aprendizagem e você não precisa ser fluente, basta começar e pegar o gosto para que aos poucos os resultados fiquem em evidência”, afirma Bruno Gagliardi, CEO do Centro Britânico Idiomas.
1 – Otimização de tempo
Saber organizar-se e executar todas as tarefas diárias é o primeiro passo para conquistar todo e qualquer objetivo. Então não deixe que outras tarefas ou prioridades ocupe o tempo programado para o aprendizado do inglês. Aproveite ao máximo o tempo de aula e estabeleça uma meta de estudos em casa para que você consiga estudar no mínimo de 30 a 40 minutos durante dois ou três dias da semana. A dedicação aliada à organização faz toda diferença.
2 –  Não deixe para março o que você pode começar em janeiro
Esqueça a frase: O ano só começa depois do Carnaval. Inicie ainda este ano uma pesquisa sobre as escolas que acredita ser idôneas e o preço que elas oferecem. Estudar em uma instituição que tenha um curso voltado para diálogos usados no dia a dia é uma ótima opção para quem busca um aprendizado dinâmico.
3- Acredite em você
Você só vai falar inglês o dia em que sentir confiança para isso. Mergulhe fundo nos estudos, deixe a vergonha e principalmente a insegurança de lado, pois tem muita gente que aprende e acaba não praticando por deixar o medo falar mais alto. Domine sua capacidade e saia por aí falando.
4- Fale com o espelho
Converse com você mesmo em frente ao espelho para praticar pronúncias de sons do inglês que não existem em português, por exemplo o ‘th’ em Thank you. Se possível grave a sua fala usando aplicativos disponíveis na plataforma android e ios. A medida que você se ouvir e focar nas áreas de melhoria, certamente verá a evolução de sua pronúncia.
5- Faça do estudo um momento prazeroso
Invista em livros, revistas, filmes e desenhos de seu interesse. O aprendizado tem de ser prazeroso para fluir bem, por isso, busque alinhá-lo com assuntos que fazem parte do seu dia a dia e suas curiosidades. Dessa forma o tempo passa mais rápido e você sentirá satisfação e alegria ao concluir suas tarefas.
6- Não desista
É preciso ter em mente que os resultados não vão aparecer de uma hora para outra. Quanto maior o esforço, maiores serão as conquistas, mas é válido lembrar que tudo o que é novo demanda um tempo para dar frutos. Então, por mais difícil que pareça é importante manter a persistência. Estipule o prazo de um ano e não desista até lá, pois com o tempo você verá evolução e certamente criará motivação para dar continuidade.
7- Tire suas dúvidas
Não deixe nenhuma informação passar sem que o aprendizado seja efetivamente concluído. O inglês é um investimento para a vida, pense sempre em sua carreira e no futuro profissional, explore o vocabulário, pergunte, pesquise, leia e seja sempre muito curioso. Inclua o inglês em suas rotinas, pois quanto maior for o contato com ele, maior será seu aprendizado.
Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Comentários