Aluguel na Zona Leste registra valorização em julho

Aluguel na Zona Leste registra valorização em julho

Mesmo com a valorização, 4 dos 10 bairros paulistas que registraram maior desvalorização estão localizados na zona leste.

O preço nominal médio do m² para aluguel em São Paulo atingiu R$ 35,29 em julho de 2017, desvalorização nominal de 1,2% em comparação com o mesmo período de 2016 (R$ 35,71). Em relação a junho deste ano (R$ 35,29), o valor se manteve estável. O levantamento foi realizado pelo VivaReal, plataforma digital que conecta imobiliárias, incorporadoras e corretores com consumidores que buscam um imóvel.

O DMI-VivaReal (Dados do Mercado Imobiliário) contempla uma amostra de 30 cidades em diferentes regiões do País e considera mais de 2 milhões de imóveis usados disponíveis para compra ou aluguel.

Em comparação com junho de 2017, somente as Zonas Norte (0,5%) e Leste (0,1%) registraram valorização no preço médio do m² para aluguel em julho de 2017. O Centro apresentou desvalorização de 1,0% e a Zona Oeste de 0,4%. A Zona Sul se manteve estável.

Entretanto, apesar da valorização na Zona Leste da capital, 4 entre os 10 bairros paulistas que registraram maior desvalorização no mês de julho estão localizados na região, sendo eles, Belenzinho (-7,8%), Cangaíba (-5,7), Vila Carrão (-4,1%) e Penha de França (-4,0%).

Já entre os 10 bairros mais procurados para aluguel no mês passado, Tatuapé e Mooca permanecem figurando a lista na quinta e décima posição, respectivamente.

O DMI-VivaReal também listou quais das 16 principais cidades brasileiras analisadas estão com o valor do m² para aluguel acima da média nacional (R$ 22,62/m²).

São Paulo lidera a lista ao atingir R$ 35,29/m², seguida por Brasília (R$ 31,58/m²), Rio de Janeiro (R$ 31,43/m²), Santos (R$ 29,68/m²) e Recife (R$ 25,00/m²).

As cidades com valores abaixo da média nacional são: Salvador (R$ 22,22/m²), Florianópolis (R$ 21,07/m²), Porto Alegre (R$ 20,00/m²), Campinas (R$ 18,75/m²), Natal (R$ 17,53/m²), Vitória (R$ 17,23/m²), Belo Horizonte (R$ 16,00/m²), Ribeirão Preto (R$ 15,66), Curitiba (R$ 15,31/m²), Goiânia (R$ 13,75/m²) e Fortaleza (R$ 13,16/m²).

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Nenhum Comentário