BMW com R$ 7 milhões em débitos é apreendida na Zona Leste

BMW com R$ 7 milhões em débitos é apreendida na Zona Leste

0 165
DetranSP apreende BMW com 7 milhões em débitos na Zona Leste

Segundo o DetranSP, grande parte das infrações se refere ao excesso de velocidade e rodízio.

Policiais militares da equipe de busca e apreensão do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) que prestam serviço ao Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) apreenderam nesta segunda-feira, 2 de outubro, uma BMW 328I com cerca de R$ 7 milhões em débitos.

O veículo fabricado em 2012 está registrado em São Paulo e pertence a uma empresa. No total, o carro tem R$ 6.974.715,77 de dívidas relativas a infrações de trânsito e impostos. São 1.118 infrações registradas, sendo a maioria delas municipais, principalmente por excesso de velocidade e desrespeito ao rodízio.

A apreensão ocorreu durante fiscalização na rua Padre Adelino, na zona leste da capital. A BMW foi apreendida por falta de licenciamento e encaminhada para o pátio Leste. O automóvel poderá ser relacionado para leilão e o valor arrecadado será descontado do total de débitos. O restante da dívida ficará em nome do proprietário.

Nos últimos meses, a equipe também apreendeu um Ford Escort com mais de R$ 17 milhões em débitos. O utilitário, fabricado em 1996, tinha 1.788 infrações registradas, sendo a maioria delas municipais, principalmente por excesso de velocidade. A abordagem aconteceu em 24 de julho, também na zona leste da capital.

Em ambos os casos, boa parte dos débitos foi gerada porque a pessoa jurídica responsável pelo veículo não indicou o condutor que cometeu as infrações. Nestes casos, se a empresa não indicar o condutor que dirigia no momento da autuação, o valor da multa será multiplicado pelo número de vezes que aquela mesma infração se repetiu nos 12 meses anteriores. Ou seja, se o veículo foi multado por avanço de sinal vermelho dez vezes no último ano, será aplicada uma multa por não indicação de condutor no valor de R$ 2.934,70 — o valor original de R$ 293,47 multiplicado por dez.

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Nenhum Comentário