Defensoria realiza mutirões para regularização de documentos pessoais

Defensoria realiza mutirões para regularização de documentos pessoais

3676
Defensoria realiza mutirões para regularização de documentos pessoais
Ação acontece no dia 18 de maio e integra campanha nacional sobre direito à documentação

A Defensoria Pública realiza na sexta-feira (18) três mutirões de atendimento para obtenção, regularização e retificação de documentos pessoais. Haverá um atendimento geral sobre o tema no Pátio do Colégio e dois outros voltados especialmente a transexuais e travestis – para alteração de nome e gênero no registro civil, o que desde decisão de março do STF é possível sem ação judicial – e pessoas em situação de rua.

Os atendimentos marcam o mês de maio, em que se celebram o Dia Nacional (19) e o Mês da Defensoria Pública, e integram a Campanha Nacional de 2018 organizada pela Anadep (Associação Nacional dos Defensores Públicos), que traz como tema “Defensoras e Defensores Públicos pelo direito à documentação pessoal: onde existem pessoas, nós enxergamos cidadãos”.

A iniciativa conta com apoio da Defensoria de SP e da Apadep (Associação Paulista de Defensores Públicos), bem como das Defensorias e Associações da carreira nos outros Estados e do Condege (Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais).

Garantia de direitos

A campanha tem como foco o direito à documentação básica e sua importância para acessar serviços públicos e programas sociais, bem como garantir demais direitos, chamando a atenção ao trabalho realizado pela Defensoria em relação ao tema. O objetivo é mostrar que a instituição pode ajudar a obter ou regularizar a documentação pessoal básica, como certidão de nascimento, RG, CPF e título de eleitor, ou a retificar o registro civil, em caso de erro de informações ou alteração de nome e gênero no caso de pessoas transgênero ou travestis.

Em 2017, a Defensoria Pública de SP realizou 1,8 milhão de atendimentos no Estado. A maior demanda diz respeito à área de família – divórcios, investigações de paternidade, pedidos de execução e revisão de alimentos, pedidos de guardas de filhos; reconhecimentos e dissoluções de união estável, entre outros casos.

Serviço:

Regularização de documentos pessoais e distribuição de materiais informativos
Data: 18 de maio
Local: Unidade de Atendimento Móvel da Defensoria – Pátio do Colégio, Centro
Horário: das 10h às 17h

Transexuais e travestis – alteração de nome e gênero no registro civil
Data: 18 de maio
Local: Unidade de Atendimento Inicial da Defensoria – Rua Boa Vista, 150, Centro
Horário: das 12h às 14h

Pessoas em situação de rua – obtenção, regularização e retificação de documentos pessoais
Data: 18 de maio
Local: Unidade de Atendimento Inicial da Defensoria – Rua Boa Vista, 150, Centro
Horário: das 14h às 16h

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Comentários