Itaquera recebe 1ª edição do evento Primaveras Periféricas

Itaquera recebe 1ª edição do evento Primaveras Periféricas

Entre os dias 2 a 10 de setembro, o Sesc Itaquera promoverá atividades gratuitas como rodas de conversa, exposição de iniciativas, oficinas, teatro, práticas esportivas e shows.

O Sesc Itaquera realiza a primeira edição do Primaveras Periféricas, evento que convida pessoas, organizações e coletivos cujas experiências transformaram e ressignificaram o seu território. O tema de 2017, “Florescer nas Margens”, surgiu da ideia de valorizar aquilo que está na margem, espaço historicamente reservado para populações excluídas no processo de crescimento urbano e que se tornaram vulneráveis do ponto de vista econômico, político e social.

Durante dez dias de evento, o público participará gratuitamente de uma feira de iniciativas inspiradoras e transformadoras da realidade do território, bate-papo com com Sergio Vaz, Heitor Frugoli e mediação de Márcio Macedo de como surgiram os movimentos e iniciativas socioambientais nas periferias das grandes cidades, poderá assistir gratuitamente aos shows do Rashid e Aláfia, além de espetáculos como Grajaú Conta Dandaras, Grajaú Conta Zumbis.

Inserido em uma Área de Proteção Ambiental, um remanescente de Mata Atlântica na Zona Leste, o Sesc Itaquera é também uma margem da sua cidade. “Florescer na Margem” é metáfora da época do ano em que as árvores florescem e também das lutas e resistências aos estigmas que recaem sobre as periferias e grupos sociais marginalizados, renovando o sentido de viver e habitar este espaço.

Como parte da sua vocação em projetos e ações socioambientais, o Sesc Itaquera realiza o Primaveras Periféricas na busca por estimular modos de vida sustentáveis, aglutinando diferentes perfis de públicos em torno de temas que se relacionam com a qualidade de vida das pessoas na cidade.

Entendendo as Primaveras

Os espaços naturais são também criação simbólica da cultura e a Primavera, um dos momentos de transição da posição da terra em relação ao sol, é incorporada e associada como tempo de renovação, transformação intensa e florescimento.

Os momentos de transformação histórica em que diferentes grupos de pessoas se organizam de forma autônoma em torno de uma causa e produzem contextos históricos, ou espíritos de uma época, tem sido entendidos e nomeados como “Primaveras”.

Assim, Primavera ganha uma nova definição: um sinônimo de movimentos em favor das pessoas, da liberdade e do bem estar social, que se conecta poeticamente à definição clássica de momento do ano em que as flores surgem.

Para mais informações, acesse a programação completa do evento.

Serviço:

Primaveras Periféricas: Florescer nas Margens
Data: De 2 a 10 de setembro
Horário: De quarta a domingo, das 9h às 17h.
Local: Sesc Itaquera
Endereço: Av. Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1000 – Itaquera.
Telefone para informações: (11) 2523 9200

Reportagem: Da redação. Foto: Daniela Rodrigues.

Nenhum Comentário