Jardim Lapenna participa da Virada Sustentável

Jardim Lapenna participa da Virada Sustentável

Ação se alinha à construção do Plano de Bairro, instrumento que visa incentivar os moradores a pensar melhorias para seu entorno, e propõe a criação de programa de coleta seletiva.

Instituições locais e moradores do Jardim Lapenna, com o apoio da Fundação Tide Setubal, participam da 7º edição da Virada Sustentável com a realização da (Re)Virada Lapenna. Durante todo o dia 25 de agosto, no Galpão de Cultura e Cidadania, serão realizadas oficinas com a reutilização de materiais descartáveis, além da ocupação das praças e escolas do bairro com brincadeiras para crianças e adolescentes. A iniciativa se alinha às ações de mobilização para a construção do Plano de Bairro Participativo do Jardim Lapenna – inédito na capital e que acontece desde junho – e dará início à implantação de um programa de coleta seletiva no local.

Acontecerão três oficinas sobre a reutilização de materiais descartáveis. Alunos de Pedagogia da UNICSUL, agentes de saúde do Programa Saúde da Família (PSF) e do Programa Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVs) produzirão junto aos moradores brinquedos com sucata, que serão posteriormente doados para as duas creches do bairro. Serão ensinadas técnicas para produção de arte com recicláveis e customização de roupas e acessórios em oficinas ministradas por artesões da própria comunidade. Já as praças e escolas do bairro receberão atividades preparadas pelos alunos da ETEC de Esportes Walter Otto Baumgart.

A programação da Virada Sustentável ainda inclui, nos espaços públicos do bairro, a Ocupação Literária, uma série de intervenções que estimulam a reutilização de livros e a integração entre as histórias e a cidade. A saída da Estação São Miguel Paulista da CPTM e as praças próximas à escola estadual Prof. Pedro Moreira Matos e ao Galpão de Cultura e Cidadania serão equipadas com estantes de livros, cadeiras de praia que formam uma sala de leitura ao ar livre, varal de leitura com obras que podem ser levadas para casa e redes de descanso.

A (Re)Virada Lapenna atende um pedido dos próprios moradores que identificaram, durante as oficinas para elaboração do Plano de Bairro, que o descarte adequado de resíduos sólidos é prioritário para a melhoria de sua qualidade de vida. “A formação do bairro não permite a entrada de caminhões em todas as ruas da comunidade e o lixo tem se tornado uma preocupação constante. A partir desse trabalho de escuta no território, notamos a necessidade de criar uma cultura de coleta seletiva entre os moradores, trabalhando em parceria com instituições do bairro”, explica Izabel Brunsizian, coordenadora de projetos da Fundação Tide Setubal.

A Virada Sustentável tem como objetivo incentivar a mudança de olhar da população sobre o lugar onde moram, apresentando aos moradores novos conhecimentos sobre o tema e estimulando a coleta como uma ação constante no bairro. Nesse sentido, a programação será composta por uma reflexão sobre a implantação da coleta seletiva no Jardim Lapenna. O encontro, promovido na sede da associação do bairro – SOS Lapenna – contará com a participação dos catadores de materiais recicláveis, agentes de saúde e do Programa Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVs), além de representantes da Cooperativa Guerreiros de Deus.

Serviço:

(Re)Virada Lapenna – 7ª Virada Sustentável

Oficina Eu Crio – criação de brinquedos a partir da sucata
14h às 16h, no Telecentro – Rua Serra da Juruoca, 112 e no Trevo Santa Angélica, Vila Nair

Oficina Com Que Roupa Eu Vou?
14h Às 16h, no Galpão de Cultura e Cidadania

Ocupação Literária
Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, na saída da Estação São Miguel Paulista da CPTM

10h às 14h – Biblioteca Pública
Uma estante de livros móvel, com rodízios, construída com material reciclado com mais de 100 livros novos e lidos, disponibilizados para leitura no local ou para troca. A instalação inclui 10 cadeiras de praia que formam uma sala de leitura ao ar livre e Varal de Leitura.

14h às 18h – Voo Livro
Disponibilização de 100 livros novos ou lidos em bancos e outros suportes de espaços públicos para serem lidos ali mesmo ou levados para casa.

14h às 18h – Rede de Leitura com Sarau Independente
Redes de descanso bem confortáveis ao lado de um varal com mostra de publicações de jovens autores independentes, que a cada meia hora interpretam trechos de seus livros para o público. As publicações, às quais não se tem acesso em livrarias, bibliotecas e outros equipamentos públicos, são disponibilizadas para leitura no local e também para a venda pelos próprios autores a quem quiser adquiri-las.

Praça ao lado do Galpão de Cultura e Cidadania

12h às 16h – Banho de Leitura
Uma banheira sobre rodízios, cheia de almofadas e uma minibiblioteca. Tudo isso ao ar livre, com um guarda-sol para mais conforto. Livros-imagem, poesias, crônicas, contos para mergulhar na leitura de bons livros, com muito prazer e ludicidade. E também tem cadeiras de praia, como sala de leitura, se preferir.

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Nenhum Comentário