Prefeita Regional da Penha intensifica combate à corrupção⠀

Prefeita Regional da Penha intensifica combate à corrupção⠀

Prefeita Regional da Penha, Fernanda Galdino, intensifica zeladoria e combate à corrupção
Em entrevista, Fernanda Galdino fala sobre zeladoria e fiscalização de propagandas irregulares

Formada em Pedagogia pela Universidade de Guarulhos (UnG), Fernanda Galdino iniciou a carreira pública em 2002, como Assessora de Gabinete, na Subprefeitura Aricanduva/Formosa.

Em 2006, atuou na SPTuris e retornou à Subprefeitura Aricanduva/Formosa, permanecendo até 2010. Em 2011, foi Assessora da Presidência na Companhia Metropolitana de Habitação (COHAB) e, em 2013, Assessora Especial da Presidência da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (PRODAM).

Em 2017, atuou como Chefe de Gabinete na Prefeitura Regional Cidade Tiradentes. Em agosto, com a exoneração do então Prefeito Regional da Penha, Jurandir Junqueira Júnior, Fernanda assumiu a liderança da regional.

Única mulher à frente de uma prefeitura regional na zona leste, Galdino falou sobre zeladoria, corrupção e projetos para gestão.

Uma das maiores reclamações é falta de zeladoria e limpeza. Quais as ações para resolver o problema?

Conversei com as empresas contratadas para otimizar a zeladoria, dividindo a equipe em 04 setores: Artur Alvim, Cangaíba, Penha e V. Matilde. Fizemos o “Madrugão da Zeladoria”, um reforço noturno na equipe. A “Operação Cata-Bagulho” é realizada diariamente e temos o projeto “Praça Modelo”, cada setor terá uma.

Qual a previsão para que comecem os trabalhos do projeto “Asfalto Novo”?

O Asfalto Novo já foi anunciado pelo prefeito, João Dória e o início da ação será no dia 11 de novembro. Nossa prioridade e a primeira via a receber o programa será a Avenida Assis Ribeiro. Quanto aos tapa-buracos, as equipes foram otimizadas com ações noturnas e um aumento de 250 toneladas de massa asfáltica/mês. Dessa forma, são tapados cerca de 60 buracos por dia. No mês de setembro, iniciamos uma força tarefa para a realização destes serviços e no último dia 20, zeramos os SACs (Serviço de Atendimento ao Cidadão) abertos de janeiro a 31 de agosto deste ano.

A Regional Penha foi uma das citadas no esquema de corrupção “Máfia da Cidade Limpa”. Quais ações foram tomadas?

Identificamos o funcionário e ele está afastado das suas funções. Estamos apurando a denúncia. Para evitar esse tipo de atitude, intensificamos a fiscalização, principalmente, aos finais de semana, quando a maioria das empresas costuma fazer as propagandas irregulares. Temos feito operações aos sábados e domingos, após o levantamento da equipe de fiscalização, em todos os pontos com propagandas irregulares, já autuamos mais de R$ 180 mil em multas.

 O que podemos esperar da sua gestão, prefeita?

Já fizemos 3 ações do Bairro Lindo. Temos um trabalho integrado com a ACSP, Rotary, Lions, promovendo educação ambiental e conscientização dos moradores em manter o serviço realizado. A Operação “A Praça É Nossa”, em parceria com CET, PM e GCM, atua na Pça. Diva Gomes Martins, aos finais de semana, contra os pancadões. Criamos o “Penha Mais Verde”, que revitaliza e planta jardineiras em áreas utilizadas como ponto de descarte irregular. Intensificaremos a divulgação dos Ecopontos e serão inaugurados mais dois. Está sendo implantado o Centro de Triagem de Resíduos Sólidos e também uma Horta Comunitária na sede da regional.

Entrevista: Barbara Novaes. Foto: Julio Gomes

Nenhum Comentário