Programa Calçada Nova e Cidade Verde realizam ações na Penha

Programa Calçada Nova e Cidade Verde realizam ações na Penha

Região também receberá ações de zeladoria e reparos na sinalização horizontal e vertical.

A Prefeitura Regional Penha realizou, em maio, uma operação de desfazimento de barracos embaixo do viaduto Cangaíba. Durante a ação, a comunidade cobrou um solução para a área.

Desse modo, no dia 6 de junho, a Prefeitura Regional iniciou no local as intervenções do Programa SP Cidade Verde, uma parceria entre a Prefeitura de São Paulo e a iniciativa privada, que tem como meta chegar a 600 mil mudas plantadas até o final de 2020.

Na região, participaram das ações as Secretarias do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) e de Prefeituras Regionais, além da primeira empresa a colaborar com o Cidade Verde, a Ultrafarma, que disponibilizou uma equipe de voluntários no plantio e no transporte das mudas.

As recomendações para plantio no local, realizadas pela SVMA, são de: bordadura ao longo do córrego com Palmeirinha-bambu; delimitação da faixa de servidão com Palmeira Jerivá; plantio de espécies de pequeno e médio portes na área abaixo do viaduto e plantio de espécies diversas nas demais áreas.

Segundo as informações da SVMA, a área do Viaduto Cangaíba de 11 mil m² receberá 70 espécies de plantas e estima-se que 3.000 mudas já tenham sido cultivadas no local.

Já no domingo, 11 de junho, o Clube da Comunidade (CDC) Recreativo Vida Nova, na Rua Max Planck, 100, recebeu a 23ª edição do programa Calçada Nova-Mutirão Mário Covas. A ação recuperou 120 metros de calçadas da região. No total, será cerca de 1 km de intervenções. O programa tem como objetivo ampliar a acessibilidade de espaços públicos e tornar a circulação de pedestres mais segura e confortável.

Durante a ação, o prefeito João Doria participou da remoção de entulhos e da pavimentação da calçada. Ele também plantou mudas de pau-brasil dentro do CDC. “Nós vamos pouco a pouco melhorando as calçadas e convidando a população também a participar. Quem tem condições de refazer sua calçada, eliminando barreiras, degraus, a tornando acessível. Calçadas lisas, permeáveis e adequadas para as pessoas que querem caminhar e para as pessoas com deficiência”, disse o prefeito.

No local também serão realizadas ações de zeladoria, reparos da sinalização horizontal como faixa de pedestre, lombada e rampa, e sinalização vertical. “Eu busquei esse local para o mutirão porque integra um CDC, onde a comunidade tem suas atividades de educação física, esporte, lazer. É aqui que a comunidade se concentra e passa o fim de semana”, afirmou o prefeito regional da Penha, Jurandir Junqueira Junior.

As obras serão concluídas em partes, incluindo o período de férias escolares, uma vez que há escola nos arredores. Segundo a assessoria da Prefeitura, o local também receberá piso podotátil direcional (siga/go) e de alerta (pare/stop) para garantir a acessibilidade aos deficientes visuais. Estima-se que, no total, a ação na região contará com a atuação de mais de 130 profissionais da Prefeitura Regional.

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Nenhum Comentário