Programação cultural invade a Vila Formosa

Programação cultural invade a Vila Formosa

Confira a programação completa oferecida pelo Centro Cultural Vila Formosa para o mês de junho.

O Centro Cultural Vila Formosa iniciou suas atividades, oficialmente, em dezembro de 2016. Ele surgiu da junção de dois outros equipamentos culturais no bairro: a Biblioteca Paulo Setúbal e o Teatro Zanoni Ferrite. Além desses dois espaços, o Centro Cultural conta também com um Telecentro.

Ano passado, a Biblioteca comemorou cinquenta anos de existência e é uma referência no bairro. O equipamento abriga um diversificado acervo e tem uma programação cultural variada com contação de histórias, feiras de troca de livros, saraus e oficinas de fanzine e xadrez. Em 2012, tornou-se temática em literatura policial.

Já o Teatro Zanoni Ferrite foi inaugurado em 2010 e recebia, até 2013, temporadas de espetáculos teatrais pagos. Com a chegada do Circuito Municipal de Cultura, em 2014, o espaço com capacidade para 204 pessoas, passou a receber uma programação mais plural, incluindo apresentações gratuitas de teatro adulto e infantil, dança, circo e música.

Hoje, além das peças de teatro e dança, shows de música e circo, o Centro Cultural Vila Formosa conta também com uma grade de oficinas para todos os públicos.

Confira na íntegra a programação do Centro Cultural para o mês de junho:

10 e 11/06 – O Vendedor de Verdades – Circo

Cia Canina de Teatro de Rua e Sem Dono
Horário: 16h
Classificação: Livre

“O Vendedor de Verdades”, é uma fábula da atualidade: a história da palhaça que realiza uma saga pelo mundo para trocar uma verdade de mentira que comprou para ser rica, fina, magra e elegante.

Ela não vai parar até receber seu dinheiro de volta. Teatro de rua, sem dono, com música ao vivo – improvisos e interação de respostas vindas do público.

A Cia Canina – Teatro de Rua e Sem Dono – é uma “cãopanhia” mambembe de artistas de rua que fazem parte da ocupação CDC Vento Leste da Zona Leste de São Paulo.

10 e 11/06 – 2POR4 – Teatro

Cia Esparrama
Horário: 20h
Classificação: Livre

Um Quarteto de Cordas chega para realizar mais uma de suas apresentações e é surpreendido por dois palhaços maestros.

Muito criativos, os desajeitados maestros, começam uma disputa para decidir quem será o grande regente do dia. Durante esta competição, os candidatos à regência demonstram suas “habilidades” musicais e acabam apresentando de forma divertida os instrumentos de um quarteto de cordas e as propriedades do som. Por fim, descobrem que o bom andamento do espetáculo, depende da harmonia dos dois juntos.

11/06 – PROSAS PR’ALÉM DO QUINTAL: Em Festas e Noites de São João

Ligia Borges da Cia Ginga e Prosa
Horário: 11h30
Classificação: Livre

Intervenção literária, que abordará as tradições populares, em especial relacionadas às festas juninas.

17/06 – Festival do Minuto nas Bibliotecas

Horário: 11h
Classificação: Livre

Todos os anos, o Festival do Minuto realiza a sua Rede de Exibição ao redor do Brasil. Centenas de pontos de cultura, incluindo cineclubes, escolas, museus e bibliotecas, exibem os conteúdos selecionados pela curadoria do festival, promovendo a difusão gratuita da produção audiovisual independente.

Para 2017, foram preparadas três mostras especiais, que trazem um pouco dos principais temas que o Festival impulsionou no ano passado, como o Mapas Sonoros da Cidade e o Fazer Cinema:

– Melhores Minutos de 2016 (livre, 52 min): seleção de vídeos que abrangem diversos assuntos e técnicas. Vídeos filmados com celular, animações, vídeo arte, entre outros.
– Mostra Universitária (livre, 24 min): vídeos produzidos por estudantes e professores.
– Mostra Animação Infantojuvenil (livre, 20 min): animações lúdicas voltadas para o público mais novo do festival. Colagem, 3D e stop motion estão entre as técnicas utilizadas.

As Bibliotecas da cidade estão entre os 250 espaços culturais que o festival acontece nos meses de maio e junho.

17/06 – Sarau do Binho

Horário: 16h
Classificação: Livre

O Sarau do Binho acontece há mais de 15 anos na zona sul de São Paulo. É um encontro de pessoas ligadas a várias linguagens culturais: poetas, artistas plásticos, músicos, cineastas, fotógrafos, atores e outros. Promove a articulação e o intercâmbio de informações relacionadas às várias manifestações culturais da região de Campo Limpo.

18/06 – Luana Hansen – Música

Horário: 19h
Classificação: Livre

Luana Hansen é uma das primeira DJ, MC, Freestyle e Produtora musical do Brasil, está há mais de 17 anos na cena do RAP Nacional. Proprietária do estúdio Luana Hansen, trabalha em suas produções independentes. Autora de hinos como “Ventre Livre de Fato”, “Flor de Mulher”, “Negras em Marcha” uma música da “Marcha das Mulheres Negras 2015” que aconteceu em Brasília.

Feminista, atua com afinco para igualar a condição da mulher na Cultura Hip Hop confrontando sempre com o machismo, o racismo e a lesbofobia. Em 2005, ganhou o primeiro Prêmio Hutuz. Hoje, já possui prêmios como 4 Concursos de Música “Lei Maria da Penha “– pela ONU Mulheres, 16 Prêmios APOGLBT, e em 2017 ganhou da Deputada Leci Brandao a Medalha Theodosina Rosário como uma das 10 negras mais importantes do ano está atuando em importantes projetos musicais.

23/06 – Trio Sapo Kambo – Música

Horário: 20h
Classificação: Livre

O trio mostra o repertório da primeira coleção de músicas e novas composições. Variando entre diversos instrumentos, inclinam-se para a particularidade das sonoridades captadas, criando climas e ambientes imagéticos, fazendo de cada música uma narrativa diferente. Através de timbres exóticos, provocam sensações, exibem paisagens, convidam o ouvinte para um passeio sonoro.

 

24/06 – 1º Festa Junina do Centro Cultural Vila Formosa

Horário: A partir das 14h
Classificação: Livre

O evento conta com apresentação de quadrilha, show de forró com Fabyana Pereira e barracas de comida típica.

 

30/06- O Livro do Mundo – Circo

Horário: 16h
Classificação: Livre

Uma trupe de palhaços chega anunciando que veio escrever uma nova história no seu grande livro. Mas esse é um livro diferente, escrito a varias mãos e imaginações. Os palhaços pedem á plateia que os ajude a iniciar uma história, qualquer história… E encorajam  as pessoas  a  participar  da  escrita  deste  livro. O público dá uma ideia e a trupe as recria em cena, construindo uma nova história na frente do público.

Serviço: 

Centro Cultural Vila Formosa
Endereço: Av. Renata, 163 – Vila Formosa
Telefone: (11) 2216-1520

Reportagem: Da redação. Foto: Divulgação.

Nenhum Comentário